terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Tanat Tasting Tour do Uruguai 2016

Tenho participado dos eventos Tanat Tasting Tour, promovidos pela Wines of Uruguay e tenho sentido a cada ano, uma melhora dos seus vinhos.

Neste ano de 2016 me surpreendi com alguns vinhos do nosso país vizinho, pela qualidade em relação ao preço, principalmente dos vinhos brancos.

A maior parte da produção de vinhos do Uruguay fica numa região próxima a Montevidéu.

Neste ano tivemos a presença aqui no Brasil, de 22 vinícolas, com algumas delas procurando inclusive, importador no Brasil.

O Uruguay produz a maioria dos seus vinhos tintos com a uva Tannat, que é uma cepa que quando é mal processada resulta em vinhos muito tânicos.

Entre os vinhos brancos, um dos que mais me agrada é o Garzon Albarino, que é muito agradável e equilibrado. Ele é importado pela World Wine onde custa R$90,20. Provei e apreciei também o Chardonnay da Ariano, que tem um toque adocicado, próprio de muitos vinhos Chardonnay da América do Sul. Ele é importado pela Santa / Galeria dos Vinhos.


O vinho rosé Artesana, da uva Tanat também estava bem agradável.

Encontrei alguns blends de uvas desconhecidos por mim, como o Tanat / Merlot e o Tanat / Zinfadel da vinícola Artesana.

O Barccobosca trouxe um interessante Syrah e o bom Tanat Reserve. Eles são importados pela Domno. O nome do vinho é Ombu como homenagem a árvore, do mesmo nome, nativa do Uruguay. Dizem que os proprietários daquelas terras guardavam suas riquezas sob as árvores dali.

A vinícola Casa Grande, que ainda não conta com importador aqui no Brasil, trouxe o gostoso Tannacito.

A vinícola Juanico apresentou o delicioso e equilibrado Don Pascoal Preludio 2009, da uva Tannat. Ele custa R$408,00, na Interfood.

O Pisano Axis Mundi 2011, da cepa Tannat estava muito bom. Ele é importado pela Mistral por R$616,00.

A Vinci trouxe os Vinhos da Viña Progresso. Preferi o Sudo de Elisa, da uva Tannat. Ele custa R$308,54.

Para acompanhar os vinhos, foi oferecida uma farta quantidade de petiscos, todos muito gostosos!

 O evento foi muito bem organizado pela simpática equipe da Ch2A, da Alessandra Caselato, a quem agradeço desde já o convite.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os vinhos deliciosos da Península de Setúbal, Portugal

A comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRSP) promoveu um encontro em São Paulo, em junho de 2019, para apresentar os vin...